Somos o André e a Cláudia. Podíamos ser dois ou mais, escolhemos ser apenas um. 

Fotografar, está para além do prazer individual em fazer algo que adoramos, tornou-se num exercício essencial, que consiste em coordenar as nossas duas maneiras únicas de olhar, unindo-as, na fotografia e, paralelamente, no decorrer da própria vida.

É de coração aberto e conscientes desse princípio de que a fotografia, assim como toda a arte, é uma forma indispensável de interpretar a realidade que partimos para a reportagem do dia de um casamento. Porque nem só de sentimentos de amor se trata a complexidade das relações, os nossos olhos esforçam-se por captar outras emoções, procuram autenticidade e no momento de fixar a imagem, carregá-la sempre de algo mais profundo. 

 

We are André and Claudia. We could be two or more, we chose to be just one.

Photographing is beyond individual pleasure in doing something we love, it has become an essential exercise, which consists of coordinating our two unique ways of looking, uniting, in photography and, in parallel, in the course of one’s life.

It is open-hearted and aware of this principle that photography, like all art, is an indispensable way of interpreting the reality we set out to report on a wedding day. Because it is not just feelings of love that deals with the complexity of relationships, our eyes strive to capture other emotions, seek authenticity, and in the moment of fixing the image, always carry it from something deeper.

 

site nos.jpg

     

bird logo 2.png